Notícias

Notícias

Ganadaria Voltalegre - Entrevista a Luis Garzon e reportagem fotográfica.

Domingo no último dia do mês de janeiro, fomos até à Herdade Doña Ana, onde pasta o efetivo da ganadaria Voltalegre, uma ganadaria recente com grande vontade de vingar nas arenas portuguesas. Saímos cedo numa manhã de frio e chuviscos. Fomos bem recebidos, pela simpatia de Sérgio Paliotes o maioral e por Luís Garzón ganadero.  

Temporada 2021 na Arena d´Évora

A empresa promotora dos espetáculos tauromáquicos da arena eborense tem vindo a apresentar os artistas que aceitaram o desafio da temporada 2021! Fique a conhecer algumas das figuras…

Maestro José Júlio deixa-nos aos 85 anos

Faleceu ontem no Hospital de Vila Franca de Xira, aos 85 anos o Maestro José Júlio.

Apresentou-se em público na arena do Cartaxo no ano de 1955 num festival taurino, e tomou alternativa de matador em 1959 na monumental de Zaragoça no dia 11 de outubro, das mãos de Manuel Jiménez Moreno «Chicuelo»

O “Pedra d´Arco” enderença as condolências à familia e amigos.

Temporada 2020 - Fotografias

Uma seleção de fotografias de cada arena por onde passamos na temporada 2020!

 

A pega de caras em tempo de Covid!

Num 2020 marcado pela pandemia mundial Covid-19, vários Grupos de Forcados, mostraram uma vez mais a sua solidariedade com quem mais necessita.

Na génese do forcado, estão bem patentes vários valores tais como, Família, Amizade, Resiliência, Coragem, Integridade, Honra, Respeito, Responsabilidade, Solidariedade, Espírito de Entreajuda e de Entrega, Voluntarismo, Liberdade, entre outros. Estes valores são parte integrante de uma Jaqueta e fazem parte do ADN de um Forcado.

Foi neste sentido que vários Grupos de Forcados, juntamente com os seus elementos, efetuaram em 2020 diversos atos de cariz solidário por todo o país, ajudando quem mais necessita, tanto ao nível das Misericórdias, como Hospitais, Proteção Civil, Bombeiros, Doações de Sangue, Associações de animais, entre outros.

Orgulha-se assim, a Associação Nacional de Grupos de Forcados, dos seus associados, demonstrarem, fora de praça uma vez mais a grandeza da palavra “Forcado Amador”.

Abaixo, deixamos alguns dos atos solidários de cada um dos Grupos:

  • Grupo de Forcados Amadores do Aposento do Barrete Verde de Alcochete:

Doação em abril de 2020, ao Sócio Caritativo de Alcochete – Bens alimentares como arroz, massas, cereais, enlatados, leites, águas.

  • Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira:

Recolha de alimentos para a Cáritas em que se entregaram mais de 400kg de alimentos para famílias necessitadas. Fez se também uma recolha de brinquedos e artigos de criança, que foram entregues na Cáritas e na associação ABEI.

  • Grupo de Forcados Amadores de Beja:

Adquiriram alimentos que foram distribuídos pelas instituições responsáveis pela ajuda aos mais necessitados, nomeadamente o Banco Alimentar Contra a Fome e à Cáritas Diocesana de Beja.

  • Grupo de Forcados Amadores de Coruche:

Venda de calendários do GFA Coruche cuja receita reverteu para o Centro de Reabilitação e Integração de Coruche – CRIC – 3 janeiro, 600€ angariados.

Recolha de alimentos para animais do Badoca Park – 3 de maio. Em 10 dias foi possível juntar 5670 kg. Quase 6 toneladas que ajudaram a alimentar os animais por várias semanas.

Dádiva de Sangue – 24 maio, 4ª Dádiva de Sangue. Os dadores puderam também, caso assim desejassem, inscrever-se como possíveis dadores de medula óssea.

Recolha de alimentos para animais do Monte Selvagem – 17 de maio – foi possível angariar quase 13 toneladas de alimentos.

  • Grupo de Forcados Amadores de Santarém:

Doação de máscaras à Santa Casa da Misericórdia de Santarém em conjunto com a Associação Nacional de Grupos de Forcados;

Contribuição para a Cáritas Interparoquial de Santarém, destinada a apoiar as famílias carenciadas da cidade.

  • Grupo de Forcados Amadores da Moita:

Doação de máscaras e bens alimentares aos Bombeiros Voluntários da Moita. Numa ação conjunta entre o Grupo Forcados Amadores da Moita e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2 mais bens alimentares aos Bombeiros Voluntários da Moita. Brindaram também a sua população com animação musical, numa ação conjunta entre o Grupo e a Junta de Freguesia da Moita, a população da freguesia da Moita contou com 2 noites de animação musical pelas suas ruas, esta ação visa em dar um pouco de alegria a toda a população nestes tempos difíceis da pandemia do Covid-19.

  • Grupo de Forcados Amadores do Ramo Grande (Açores):

Ajudaram famílias carenciadas e em conjunto com a Câmara Municipal da Praia da Vitória fizeram-no pela necessidade que o grupo sentiu em estar perto da comunidade neste momento difícil e de trabalho diário árduo para pôr “pão na mesa”. Dia 15 de Agosto, data em que se realizou o Festival de Beneficência para as Igrejas da Freguesia da Agualva e Vila Das Lajes, O Grupo entregou a cada paróquia um montante de 2.900€, com o único objetivo de ajudar a comunidade em que o Ramo Grande está inserido.

  • Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo:

Doação de máscaras, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2 à Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo, à Instituição Particular de Solidariedade Social de Vila Chã de Ourique e ao Centro de Dia e ATL de Valada.

No mês de maio foi entregue aos Bombeiros Municipais do Cartaxo, desinfetantes, águas e máscaras.

Em dezembro numa ação conjunta com o Grupo de Dadores de Sangue do Concelho do Cartaxo decorreu uma Dádiva de Sangue que resultou com muito sucesso.

  • Grupo de Forcados Amadores de São Manços:

Organizou duas recolhas de bens alimentares para as Associações da nossa terra. Em abril houve uma recolha de alimentos a favor do Centro de Dia “Os amigos de São Manços”. Já no passado mês de dezembro, a recolha de alimentos foi feita a favor da Associação Centro Infantil de São Manços.

  • Grupo de Forcados Amadores de Lisboa:

Doação de máscaras ao hospital Egas Moniz, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2.

  • Real Grupo de Forcados Amadores de Moura:

Recolha de bens alimentares para a população mais necessitada na época natalícia.

  • Grupo de Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense (Açores):

Entrega de cabazes com bens essenciais a várias famílias carenciadas, na expectativa de lhes trazer alguma ajuda e alegria nesta altura festiva.

  • Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Chamusca:

Doação de bens alimentares e materiais às famílias mais necessitadas da freguesia da Chamusca e Pinheiro Grande.

  • Grupo de Forcados Amadores de Alcochete:

Disponibilizaram-se os forcados para ajudar em qualquer sector, seja ele pessoal ou comercial como “fazer entregas, serviços de compras, publicidade, ou qualquer outro tipo de situação.

Doação a Santa Casa da Misericórdia, mascaras, luvas, álcool gel e alimentos – abril

  • Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita:

Doação conjunta de sangue para o IPO.

De dia 5 a 8 de dezembro vários elementos antigos e atuais participaram na corrida solidária para a Associação Nuno de Carvalho, a verba revertia para dar apoio a pessoas com pouca mobilidade.

  • Grupo de Forcados Amadores de Cascais:

Doação de máscaras ao Hospital de Beja, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2.

  • Grupo de Forcados Amadores de Montemor-o-Novo:

Doação de máscaras à Caritas, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2.

  • Grupo de Forcados Amadores de Monsaraz:

O Grupo abdicou do subsídio anual do Município de Reguengos de Monsaraz (500€), para apoiar através da proteção civil na compra de equipamentos de proteção individual.

  • Grupo de Forcados Amadores do Montijo:

Doação de bens alimentares como arroz, massas, azeite ente outras mercearias, à Associação Pão Solidário.

  • Grupo de Forcados Amadores de Évora:

1.750€ angariados em leilão solidário que reverteram para a Fundação de Veiros, onde a sua principal missão é acolher crianças desfavorecidas entre os 6 e os 18 anos que foram retiradas às suas famílias por se encontrarem em situação de risco ou perigo (maio).

Temporada 2021 - Arena d´Évora

Caros aficionados, é com bastante ilusão que vos apresentamos os contornos da 1ª parte da temporada 2021, na Arena D’Évora.

Continuamos, à imagem do ano passado, a viver momentos de grande incerteza, devido à pandemia que assola todo o mundo. No entanto, a experiência diz-nos que temos de estar preparados, e pensar numa temporada que começará pelo menos no mais antigo e importante Concurso de Ganadarias nacional.

 

Numa temporada normal, a Arena D’Évora abriria as suas portas na Gala do Moço de Forcado em março. Caso haja luz verde das autoridades competentes, realizaremos o evento que poderá ter algumas surpresas. No entanto, é muito precoce agendar datas de março.

Posto isto, decidiu a empresa apresentar parte da 1ª metade da temporada aos nossos aficionados. Que contará com vários aliciantes de competição.

Serão três grandes corridas de toiros, o mais antigo e importante Concurso de Ganadarias, a data da cidade de Évora tradicional Corrida de toiros do São Pedro e a já habitual corrida de Verão em julho.

As ganadarias já estão resenhadas, sendo que no Concurso poderão contar com Palha, Veiga Teixeira, Branco Núncio, Murteira Grave, Passanha e Calejo Pires. No São Pedro um confronto eborense, Murteira Grave VS Passanha, sendo que quem vencer este desafio lidará um Curro completo em julho.

O grande atrativo desta 1ª parte da temporada, será sem dúvida o sorteio que se irá realizar para distribuir os 9 cavaleiros pelas 3 corridas. Os cavaleiros contratados, poderão actuar em qualquer uma das três corridas. No sorteio constarão os nomes dos 9 cavaleiros dentro de uma “tômbola” e assim será definido os artistas das 3 corridas. Esta ideia não é inédita, Simon Casas na Praça de Las Ventas em Madrid efectuou este tipo de sorteio recentemente numa feira de outubro.

Actuarão também 2 Grupo de Forcados no Concurso, 1 Grupo no São Pedro e 2 Grupos em julho, que serão divulgados posteriormente.

Teremos este ano bilheteira online, pelo que muito em breve estarão disponíveis para venda os bilhetes e abonos para as corridas apresentadas. As corridas da 2ª parte da temporada serão anunciadas no mês de julho.

Fique atento às nossas novidades em breve e à data do sorteio.

Livestreaming da temporada 2020 estão novamente disponíveis

A Ovação e Palmas informa que as corridas em Livestreaming da temporada 2020 estão novamente disponíveis para venda na ticklinelivestage!

 
A pensar em todos os aficionados que não tiveram oportunidade de estarem presentes nas praças decidimos colocar de novo disponível as mesmas on-line!
Podem ver e rever… em família no vosso confinamento!
 
Já podem comprar o vosso bilhete na @ticketlinept
Aqui 
 
 
 
Bilhetes 🎫 6,5€
 
As corridas estão disponíveis para visualização até dia 28 de Fevereiro!
 

Vá aos toiros em família, no conforto do seu lar. 

A Ovação e Palmas Tauromaquia, passa a representar o Cavaleiro Praticante Joaquim Brito Paes

A Ovação e Palmas Tauromaquia, de Luís Miguel Pombeiro passa a representar o Cavaleiro Praticante Joaquim Brito Paes, um jovem em quem todos acreditam e já com provas dadas.
 
Será acompanhado mais diretamente por Guilherme Pombeiro que faz parte da empresa e que sendo braço direito de seu pai, se estreia nesta função .
Luís Miguel Pombeiro afirmou “temos de apostar no futuro da Tauromaquia e lançar os novos valores para uma renovação efetiva da festa, garantido o seu futuro.” 
Veja o vídeo onde o Cavaleiro fala um pouco deste novo apoderamento e da ilusão que tem para esta temporada de 2021 e para o seu futuro.
 

Publicidade

error: Content is protected !!